Buscar
  • Dra. Denise Lima

Tudo que precisa saber sobre convulsão febril.



Quando falamos em febre infantil, já vem na cabeça das mamães a seguinte dúvida:


“Febre alta dá convulsão! O que eu faço Ped?”


Primeiro a Ped precisa esclarecer que: Nem todo pequeno, mesmo com febre alta, vai convulsionar!


🔸 A crise convulsiva febril ocorre em 2% das crianças e geralmente ocorre na subida da febre, ou seja, com febre baixa.

Tem uma incidência em crianças entre os 6 meses e 5 anos de idade.


🔸Normalmente tem duração curta e pode acontecer em febres por infecção viral ou bacteriana, e também após a administração de algumas vacinas.


Quando ocorre, o baby apresenta contrações fortes de todo o corpo e perda da consciência.


Apesar de assustadora, a maioria das vezes a convulsão febril é benigna, não traz risco a vida do pequeno e não deixa sequelas neurológicas.


"E o que eu faço quando acontecer, Ped?"


Primeiro, respire fundo e mantenha a calma!


Coloque a criança em um local seguro, vire a cabeça e o corpinho dele de lado para evitar a aspiração da saliva.


Mamãe, nada de segurar a língua ou restringir os movimentos do pequeno.


Espere o pequeno parar de convulsionar, em geral não duram mais que alguns minutos, e leve o baby para uma avaliação médica com o Pediatra.


💖Espero que com essas informações, você fique mais calma em relação a febre alta dos pequenos.


Dra Denise Lima 🌺

Médica Pediatra e Oncologista

Pediatria Integrativa e Funcional

CRM-SC 15519 | RQE 10820 | RQE 13152

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo